Jornal Correio de Notícias

Página Inicial | Geral

Geral

Vereador Alexandre Gonçalves presidirá o Legislativo em 2018

Canoas - Na última sessão ordinária do ano, nesta quinta-feira, 14 de dezembro, os vereadores elegeram os componentes da Mesa Diretora para 2018. Alexandre Gonçalves (PPS) foi escolhido, por unanimidade, presidente da Câmara para o próximo ano. Ele substituirá Juares Hoy (PTB), que permanece no cargo até 31 de dezembro.

Da atual composição, apenas o vereador Aloisio Bamberg (PCdoB) continuará como 1º secretário. As demais funções passam a ser desempenhadas por Gilson Oliveira (PP), 1º vice-presidente; Cris Moraes (PV), 2º vice-presidente; Sargento Santana (PTB), 2º secretário. Ao agradecer o apoio dos colegas, Alexandre destacou a responsabilidade do cargo. "A Câmara Municipal de Canoas é uma das maiores e mais atuantes do Estado. É preciso tratar com muita responsabilidade todas as demandas que aqui chegarem", declarou.

O vereador Juares Hoy também subiu à tribuna para uma manifestação. Ele agradeceu pela oportunidade de presidir o Legislativo pela segunda vez, especialmente no primeiro ano da gestão do prefeito Luiz Carlos Busato. "Foi um ano de enfrentamento dos problemas da cidade", afirmou.

Foi a última sessão ordinária do ano, tendo início o recesso parlamentar. Durante esse período, que se estende até o início de fevereiro, a Câmara realiza as sessões representativas, sempre às quartas-feiras, às 14h.

 

Procon de Canoas divulga nova tabela de preços de combustíveis na cidade

Nesta semana, o Procon de Canoas apresentou mais um levantamento realizado nos postos de combustível do município. Os dados foram coletados pelo setor de fiscalização do órgão em 39 postos da cidade, nos dias 5 e 6 de dezembro, podendo haver variação no preço.

Esta é a terceira vez que o Procon divulga a tabela com o objetivo de fornecer ao canoense um comparativo de preços entre os estabelecimentos da cidade.

A pesquisa será publicada quinzenalmente através dos canais de comunicação da Prefeitura.

Confira:


 

Reforma da Previdência: se aprovada, o que muda para cada faixa etária e quem pode ser prejudicado

Reforma da Previdência: se aprovada, o que muda para cada faixa etária e quem pode ser prejudicado
Especialista analisa reforma e observa os pontos mais críticos da proposta. Caso aprovada, entenda o que muda na sua aposentadoria e quais parcelas da população podem ser desfavorecidas
Recentemente, uma nova proposta de reforma da Previdência foi apresentada ao Congresso. A nova versão - que é mais enxuta que a anterior - ainda está em discussão e passará por votação. O cenário está dividindo opiniões, segundo Átila Abella – advogado especialista do Previdenciarista (previdenciarista.com/), plataforma de conteúdo que auxilia a atualização do advogado previdenciário – a reforma, como está proposta, apresenta pontos críticos que desfavorecem a aposentadoria dos contribuintes de camadas sociais mais carentes e coloca em risco os benefícios da população.
Dentre as principais mudanças, está a extinção do benefício de aposentadoria por tempo de contribuição, tendo em vista que a aposentadoria deverá obedecer idades mínimas: 62 anos para mulheres e 65 para homens, com regra de transição até 2038. Além de impor idade mínima, há previsão na proposta de aumento da idade mínima se ocorrer aumento da expectativa de sobrevida brasileira, o que gera enorme insegurança aos segurados, podendo tornar inalcançável a aposentadoria para muitos.
Mas se a reforma for aprovada, o que muda na prática? Essa é a dúvida de milhares de brasileiros e, para auxiliar na compreensão das mudanças, Abella explicou quais são os principais reflexos para as diferentes faixas etárias de segurados e tempos de contribuição.
Confira:
Contribuintes na faixa de 20 anos
Para os jovens em início de vida profissional, em caso de aprovação da reforma, o que vale é a regra geral proposta: idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 para homens, com no mínimo 15 anos de contribuições. Portanto, trabalhadores na faixa etária dos 20 anos já estariam incluídos no sistema da nova proposta.
Segundo o especialista, este é um ponto de tensão nos debates sobre a reforma, "a proposta ainda sequer foi aprovada e já está gerando um grande desestímulo para que os jovens contribuam com o sistema. É verdade que o pagamento de contribuições é obrigatório, mas grande parte dos contribuintes permanecerá na informalidade por não confiar no sistema previdenciário", analisa Abella.
Contribuintes na faixa de 40 anos
Os trabalhadores nesta faixa etária e que estão longe de completar os atuais 35 anos de contribuição para homens e de 30 anos para mulheres (regra atual) também estarão enquadrados na nova reforma. Além das implicações gerais, será exigido o cumprimento de um adicional de 30% no tempo de contribuição para poder utilizar a regra de transição de idade mínima, considerando que a cada dois anos será acrescentado um ano até fechar a idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 para homens em 2038.
Contribuintes na faixa de 60 anos
Atualmente não existe idade mínima para a aposentadoria por tempo de contribuição para mulheres que completarem 30 anos de contribuições e homens 35 anos, sendo ainda possível a aposentadoria por idade aos 60 anos para mulheres e 65 anos para homens que tenham no mínimo 15 anos de carência contributiva.
Em caso de aprovação da reforma, a aposentadoria por tempo de contribuição será extinta em 2038, sendo que a regra de transição começará em 2018 com a idade mínima de 53 anos para mulheres e 55 para homens, portanto, os trabalhadores que estão nesta faixa etária não serão afetados e poderão requerer normalmente a aposentadoria quando implementado o tempo de contribuição.
O especialista alerta ainda para a importância da discussão e debate entre Poder Público e população acerca da proposta da reforma antes da aprovação, "é preciso ter tempo hábil para discutir, analisar e estudar os impactos financeiros e sociais de uma proposta como essa para garantir que os direitos sociais não sejam retirados dos cidadãos brasileiros, e também para evitar a perda de credibilidade da Previdência junto aos contribuintes, o que pode gerar altas taxas de informalidade", explica Átila.

Especialista analisa reforma e observa os pontos mais críticos da proposta. Caso aprovada, entenda o que muda na sua aposentadoria e quais parcelas da população podem ser desfavorecidas

Recentemente, uma nova proposta de reforma da Previdência foi apresentada ao Congresso. A nova versão - que é mais enxuta que a anterior - ainda está em discussão e passará por votação. O cenário está dividindo opiniões, segundo Átila Abella – advogado especialista do Previdenciarista (previdenciarista.com/), plataforma de conteúdo que auxilia a atualização do advogado previdenciário – a reforma, como está proposta, apresenta pontos críticos que desfavorecem a aposentadoria dos contribuintes de camadas sociais mais carentes e coloca em risco os benefícios da população.

Dentre as principais mudanças, está a extinção do benefício de aposentadoria por tempo de contribuição, tendo em vista que a aposentadoria deverá obedecer idades mínimas: 62 anos para mulheres e 65 para homens, com regra de transição até 2038. Além de impor idade mínima, há previsão na proposta de aumento da idade mínima se ocorrer aumento da expectativa de sobrevida brasileira, o que gera enorme insegurança aos segurados, podendo tornar inalcançável a aposentadoria para muitos.

Mas se a reforma for aprovada, o que muda na prática? Essa é a dúvida de milhares de brasileiros e, para auxiliar na compreensão das mudanças, Abella explicou quais são os principais reflexos para as diferentes faixas etárias de segurados e tempos de contribuição.

Confira:

Contribuintes na faixa de 20 anos

Para os jovens em início de vida profissional, em caso de aprovação da reforma, o que vale é a regra geral proposta: idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 para homens, com no mínimo 15 anos de contribuições. Portanto, trabalhadores na faixa etária dos 20 anos já estariam incluídos no sistema da nova proposta.

Segundo o especialista, este é um ponto de tensão nos debates sobre a reforma, "a proposta ainda sequer foi aprovada e já está gerando um grande desestímulo para que os jovens contribuam com o sistema. É verdade que o pagamento de contribuições é obrigatório, mas grande parte dos contribuintes permanecerá na informalidade por não confiar no sistema previdenciário", analisa Abella.

Contribuintes na faixa de 40 anos

Os trabalhadores nesta faixa etária e que estão longe de completar os atuais 35 anos de contribuição para homens e de 30 anos para mulheres (regra atual) também estarão enquadrados na nova reforma. Além das implicações gerais, será exigido o cumprimento de um adicional de 30% no tempo de contribuição para poder utilizar a regra de transição de idade mínima, considerando que a cada dois anos será acrescentado um ano até fechar a idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 para homens em 2038.

Contribuintes na faixa de 60 anos

Atualmente não existe idade mínima para a aposentadoria por tempo de contribuição para mulheres que completarem 30 anos de contribuições e homens 35 anos, sendo ainda possível a aposentadoria por idade aos 60 anos para mulheres e 65 anos para homens que tenham no mínimo 15 anos de carência contributiva.

Em caso de aprovação da reforma, a aposentadoria por tempo de contribuição será extinta em 2038, sendo que a regra de transição começará em 2018 com a idade mínima de 53 anos para mulheres e 55 para homens, portanto, os trabalhadores que estão nesta faixa etária não serão afetados e poderão requerer normalmente a aposentadoria quando implementado o tempo de contribuição.

O especialista alerta ainda para a importância da discussão e debate entre Poder Público e população acerca da proposta da reforma antes da aprovação, "é preciso ter tempo hábil para discutir, analisar e estudar os impactos financeiros e sociais de uma proposta como essa para garantir que os direitos sociais não sejam retirados dos cidadãos brasileiros, e também para evitar a perda de credibilidade da Previdência junto aos contribuintes, o que pode gerar altas taxas de informalidade", explica Átila.

 

Parceria público-privada da Corsan para universalização do tratamento de esgoto é tema de audiência pública

A Câmara Municipal de Canoas promoveu audiência pública para discussão da proposta de parceria público-privada (PPP) da Corsan. O projeto prevê a universalização do tratamento de esgoto em nove municípios da Região Metropolitana. Além de Canoas, ele abrange Alvorada, Cachoeirinha, Eldorado do Sul, Esteio, Gravataí, Guaíba, Sapucaia do Sul e Viamão.

A apresentação dos detalhes da PPP foi feita pelo presidente da Corsan, Flávio Presser. Em sua explanação, ele enfatizou que era importante desmistificar a ideia de que a proposta representa uma privatização da companhia. Ressaltou que a empresa parceira, escolhida por meio de licitação, deverá atender uma série de indicadores. Também salientou que a relação com os usuários permanecerá sendo com a Corsan.

A PPP foi questionada pelos vereadores e por representantes de entidades, como o Sindiágua e o Sindicato dos Metroviários. O deputado estadual Tarcísio Zimmermann (PT) defendeu que se trata de um contrato longo com repercussão junto à população e que, por isso, não pode ser feito de forma afoita.

O presidente da Câmara, vereador Juares Hoy (PTB), sugeriu que uma nova audiência seja agendada em breve, sem a presença da Corsan, para que os participantes formalizem os questionamentos a serem encaminhados à companhia. A mesa dos trabalhos contou com a participação do superintendente da Regional Sinos, Alberto Paganella; do secretário municipal de Obras, Adalberto Schen e do gestor da unidade da Corsan em Canoas, Carlos Alberto Correa.

 

Saraiva inaugura loja conceito no Parkshopping Canoas

A Saraiva, uma das maiores redes varejistas de educação, cultura e entretenimento, anuncia a inauguração de sua loja no ParkShopping Canoas, a segunda dentro do novo conceito no Rio Grande do Sul. A abertura faz parte do plano estratégico de expansão da companhia com a oferta de uma completa opção de entretenimento e lazer para toda a família, com um amplo sortimento de produtos.
Saraiva Shopping Nova Iguaçu - Créditos Humberto SousaLocalizada no andar Nível Canoas, a nova loja foi pensada dentro do conceito da marca de proporcionar a melhor experiência aos clientes, oferecendo ampla visibilidade aos produtos. Com layout moderno, o espaço oferece um mix de produtos, que incluem literatura nacional e estrangeira, papelaria, games, telefonia, tecnologia, música, filmes, e o Lev, o e-reader da Saraiva.
Entre os diferenciais da nova unidade estão os espaços destinados, especialmente, para crianças e o público jovem. Para os pequenos, a unidade conta mobiliário colorido e espaço para leitura. Já para os jovens, além das obras de aventura, fantasia, horror, ficção científica e quadrinhos, há também um local onde é possível recarregar os aparelhos celulares e uma área, exclusivamente, dedicada aos games, possibilitando que o cliente encontre uma completa variedade de jogos e colecionáveis.
Para a realização de sessões de autógrafos, pockets shows, palestras ou outras ações relacionadas, a loja conta com um espaço multifuncional, no qual as mesas de livros podem ser realocadas, de acordo com a necessidade.
O público pode aproveitar também a comodidade de um completo portfólio de serviços: Troca Inteligente, que permite a utilização de smartphone ou tablet usados como parte do pagamento na compra de um novo aparelho; garantia estendida para extensão da garantia de fábrica, por mais 12 ou 24 meses; Proteção Saraiva, com seguro de roubo, furto qualificado e quebra acidental e Saraiva Entrega para compras em loja e recebimento em casa ou na própria unidade posteriormente.
“A nova loja em Canoas foi pensada dentro de nosso pilar de oferecer a melhor experiência de compra aos nossos clientes, com um ambiente agradável e acolhedor voltada para todas as idades e perfis de clientes”, afirma Avelino Nogueira, diretor de operações e expansão da Saraiva. “Desde o início do ano, a Saraiva tem feito um movimento para a abertura e readequação de suas unidades. Até o fim de 2017, temos previsto a abertura de mais duas novas lojas no Shopping Village Mall (Rio de Janeiro/RJ) e Uberlândia Shopping (Uberlândia/MG)”, completa o executivo.
Esta nova loja é a sétima da rede a receber este novo conceito. As outras unidades estão localizadas no Shopping Nova Iguaçu (RJ), Iguatemi Porto Alegre (RS), Iguatemi Alphaville (SP), Franca Shopping (SP), North Shopping (CE) e MorumbiShopping (SP).
Confira alguns eventos já confirmados para os próximos dias:
1/12, sexta-feira, 19h30
Papos & Ideias sobre Como administrar a ansiedade e o estresse no período de transição entre o ensino médio e a universidade, com Fernando Elias José
2/12, sábado, 18h
Tarde de autógrafos com Cristiane Correa para lançamento do livro Vicente Falconi - O que importa é resultado, Editora Sextante

A Saraiva, uma das maiores redes varejistas de educação, cultura e entretenimento, anuncia a inauguração de sua loja no ParkShopping Canoas, a segunda dentro do novo conceito no Rio Grande do Sul. A abertura faz parte do plano estratégico de expansão da companhia com a oferta de uma completa opção de entretenimento e lazer para toda a família, com um amplo sortimento de produtos.

Saraiva Shopping Nova Iguaçu - Créditos Humberto SousaLocalizada no andar Nível Canoas, a nova loja foi pensada dentro do conceito da marca de proporcionar a melhor experiência aos clientes, oferecendo ampla visibilidade aos produtos. Com layout moderno, o espaço oferece um mix de produtos, que incluem literatura nacional e estrangeira, papelaria, games, telefonia, tecnologia, música, filmes, e o Lev, o e-reader da Saraiva.

Entre os diferenciais da nova unidade estão os espaços destinados, especialmente, para crianças e o público jovem. Para os pequenos, a unidade conta mobiliário colorido e espaço para leitura. Já para os jovens, além das obras de aventura, fantasia, horror, ficção científica e quadrinhos, há também um local onde é possível recarregar os aparelhos celulares e uma área, exclusivamente, dedicada aos games, possibilitando que o cliente encontre uma completa variedade de jogos e colecionáveis.

Para a realização de sessões de autógrafos, pockets shows, palestras ou outras ações relacionadas, a loja conta com um espaço multifuncional, no qual as mesas de livros podem ser realocadas, de acordo com a necessidade.

O público pode aproveitar também a comodidade de um completo portfólio de serviços: Troca Inteligente, que permite a utilização de smartphone ou tablet usados como parte do pagamento na compra de um novo aparelho; garantia estendida para extensão da garantia de fábrica, por mais 12 ou 24 meses; Proteção Saraiva, com seguro de roubo, furto qualificado e quebra acidental e Saraiva Entrega para compras em loja e recebimento em casa ou na própria unidade posteriormente.

“A nova loja em Canoas foi pensada dentro de nosso pilar de oferecer a melhor experiência de compra aos nossos clientes, com um ambiente agradável e acolhedor voltada para todas as idades e perfis de clientes”, afirma Avelino Nogueira, diretor de operações e expansão da Saraiva. “Desde o início do ano, a Saraiva tem feito um movimento para a abertura e readequação de suas unidades. Até o fim de 2017, temos previsto a abertura de mais duas novas lojas no Shopping Village Mall (Rio de Janeiro/RJ) e Uberlândia Shopping (Uberlândia/MG)”, completa o executivo.

Esta nova loja é a sétima da rede a receber este novo conceito. As outras unidades estão localizadas no Shopping Nova Iguaçu (RJ), Iguatemi Porto Alegre (RS), Iguatemi Alphaville (SP), Franca Shopping (SP), North Shopping (CE) e MorumbiShopping (SP).

Confira alguns eventos já confirmados para os próximos dias:

1/12, sexta-feira, 19h30

Papos & Ideias sobre Como administrar a ansiedade e o estresse no período de transição entre o ensino médio e a universidade, com Fernando Elias José

2/12, sábado, 18h

Tarde de autógrafos com Cristiane Correa para lançamento do livro Vicente Falconi - O que importa é resultado, Editora Sextante

 

Abertura da Semana de Música mostra a pluralidade artística de Canoas

A abertura da Semana da Música de Canoas, atividade promovida pela Secretaria Municipal da Cultura e do Turismo, ocorreu na noite dessa quarta-feira, 22 de novembro, no Teatro do Sesc. A presença de músicos dos mais diferentes ritmos proporcionou ao público presente um espetáculo diversificado e mostrou a riqueza cultural da cidade de Canoas.

As apresentações foram desde a música clássica, passando por sons brasileiros, como samba, e foram até o rock and roll, em sua forma acústica. O show da abertura das comemorações da música na cidade foi plural, mas só teve duas cláusulas de barreira: que os músicos fossem de Canoas e que as suas canções fossem autorais. Assim, quem esteve na plateia foi contemplado com uma mostra significativa de como esta vertente de arte é importante nos quatro quadrantes da cidade.

Subiram ao palco André Sante e Renata Bregagnol, que trouxeram canções com alto teor poético e de belos arranjos. Na sequência, foi a vez da música clássica tomar conta do local. A professora de piano Maria Sofia Volkweiss, referência na cidade no estilo, apresentou suas composições intimistas e com sentimentalidades à flor da pele. Já as gêmeas Debora e Letícia Adamatti mostraram que o amor pela música é coisa de sangue. Dando arranjos diferentes ao brasileiríssimo samba, elas encantaram a plateia pelo talento nato. E para fechar a noite, a banda Mandala mostrou seu rock desplugado com canções que marcaram sua trajetória.

A programação da Semana da Música segue até o dia 28. Músicos e bandas de Canoas se apresentarão na Antiga Estação de Trem e no Calçadão de Canoas, além do Teatro do Sesc Canoas e do Capão do Corvo. Dentro da programação, também está incluída a última etapa do Canoas Rock Festival, no domingo, 26 de novembro, que contará com diversas bandas independentes de Canoas e de outras regiões do estado. Neste dia, também está marcado show da banda Acústicos e Valvulados no palco do anfiteatro do Capão Corvo.

O encerramento daSemana da Música de Canoas ocorrerá no Teatro do SESC, no dia 28, com o projeto Sonora Brasil e o show da Corporação Musical Cemadipe de Goiás.

 
Página 1 de 214

Publicidade

Publicidade

Blogs

Enquete

Você é favor da convocação de Eleições Gerais no Brasil
 

Twitter CN

    Newsletter

    Expediente

    EXPEDIENTE
    Rua Santos Ferreira, 50
    Canoas - RS
    CEP 92020-000
    Fone: (51) 3032-3190
    e-mail: redacao@jornal
    correiodenoticias.com.br

    Banner
    Banner
    Banner

    TurcoDesign - Agencia de Publicidade Digital